O CEARÁ NO CINTURÃO SOLAR

Já é uma realidade absoluta que as maneiras convencionais de gerar energia atualmente são perigosamente prejudiciais a natureza e ao próprio ser humano. Então a cada ano, os países vêm adotando maneiras mais limpas e eficientes de gerar energia. Nesse sentido a produção fotovoltaica se mostra ser a melhor . Não gerando quase nenhum tipo de poluição, a energia solar já ocupa 1,6% de toda matriz energética de todo país, segundo o Portal Solar. E há um potencial cada vez maior para produção de energia fotovoltaica, especialmente na região do cinturão solar.

Placa solar

Cinturão Solar

O Brasil se mostra cada vez mais ser um dos melhores países para se investir em energia solar. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o Brasil recebe 2.200 horas anuais de insolação, o que equivale a uma potência de 15 trilhões de Megawatts. A maior parte dessa energia vem de uma região que vai do Nordeste do país ao Pantanal. Essa região é chamada de Cinturão Solar e Fortaleza é a única cidade com mais de 1 milhão de habitantes que está localizada nela. Isso faz com que ela seja uma das cidades mais favoráveis a ter energia fotovoltaica. Não só a capital, mas também todo o estado possui uma enorme capacidade de geração solar. Só em 2019 o Ceará já tinha um produção de 22,9 Megawatts em potência de energia fotovoltaica segundo o jornal O Povo, tendo um crescimento desde então.

Irradiação Solar no Brasil – Fonte: INPE

Essa incidência solar no nosso território faz com que o investimento feito se pague de 3 a 5 anos. Isso com um sistema que possui uma vida útil de 25 anos ou mais. Então fica claro que o investimento em energia solar na principal cidade do Cinturão Solar é uma excelente opção tanto para consumidores residenciais quanto comerciais.

Quer conhecer mais sobre os benefícios e como investir em um Sistema Solar Fotovoltaico? Fala com a gente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *